Potter e o equilíbrio do ecossistema como fundamento da moralidade da bioética

Resumen

O pensamento ético privilegiou a centralidade do ser humano até o século XX. Historicamente, a vida do ecossistema sempre foi considerada um campo alheio à moralidade e as explicações mecanicistas da vida justificavam tais escolhas. Essa visão de mundo revelou-se extremamente prejudicial, pois ela promoveu em desequilíbrio do ecossistema e permitiu o ser humano agir sobre a natureza sem parâmetros morais, e, com isso, a própria sobrevivência humana no futuro ficou ameaçada. A bioética de Van Rensselaer Potter identificou a necessidade de resgatar e ampliar a dimensão ambiental de modo a incluir também sob a proteção ética a totalidade da vida da biosfera. Frente a esse cenário, pergunta-se: ao fundamentar a moralidade da bioética a partir do equilíbrio do ecossistema, de modo a garantir a sobrevivência humana futura, Potter conseguiu superar a tradicional visão antropocêntrica da ética? Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, de caráter analítico-interpretativo. Primeiramente, buscou-se analisar como Potter, inspirado em Aldo Leopold, resgatou e ampliou a dimensão ética de modo a incluir também a natureza. Em seguida, buscou-se fundamentar a escolha de Potter pelo equilíbrio do ecossistema como fundamento da moral, e não no reconhecimento do valor intrínseco de cada vida individual. Conclui-se que a bioética potteriana, para afastar-se do antropocentrismo ético, buscou recuperar uma sabedoria ancestral, fundamentada na ideia de um equilíbrio do ecossistema e, nesse equilíbrio Potter encontrou a sabedoria biológica para fundamentar a moralidade da bioética, mesmo tendo incorrido na falácia naturalista.

Citas

Bíblia. Português. Bíblia católica online. Edição Ave Maria. Disponível em: https://www.bibliacatolica.com.br

Jonas, H. (2013). Técnica, medicina e ética: sobre a prática do princípio responsabilidade. São Paulo: Paulus.

Leopold, A. (2019). Almanaque de um condado arenoso: alguns ensaios sobre outros lugares. Belo Horizonte: Editora UFMG.

Lourenço, D. B. (2019). Qual o valor da natureza? Uma introdução à ética ambiental. São Paulo: Elefante.

Potter, Van R. (2016). Bioética: ponte para o futuro. São Paulo: Loyola.

Potter, Van R. (2018a). Bioética global. São Paulo: Loyola.

Potter, Van R. (2018b). A bioética global diante de um mundo em crise. Em Leo Pessini, Anor Sganzerla y Diego Carlos Zanella (Orgs.), Van Rensselaer Potter: um bioeticista original (pp. 63-74). São Paulo: Loyola.

Potter, Van R. & Potter, L. (2018c). Bioética global: convertendo desenvolvimento sustentável em sobrevivência global. Em Leo Pessini, Anor Sganzerla, Diego Carlos Zanella (Orgs.), Van Rensselaer Potter: um bioeticista original (pp. 177-187). São Paulo: Loyola.

Potter, Van R. (2018d). Transcrição do vídeo do Simpósio internacional de bioética (Rijeka – Croácia – 2001). Em Leo Pessini, Anor Sganzerla, Diego Carlos Zanella (Orgs.), Van Rensselaer Potter: um bioeticista original (pp. 259-261). São Paulo: Loyola.

Potter, Van R. (2018e). Bioética. Em Leo Pessini, Anor Sganzerla, Diego Carlos Zanella (Orgs.), Van Rensselaer Potter: um bioeticista original (pp. 45-48). São Paulo: Loyola.

Potter, Van R. (2018f). Transcrição do vídeo do Congresso mundial de bioética (Gijón – Espanha – 2000). Em Leo Pessini, Anor Sganzerla, Diego Carlos Zanella (Orgs.), Van Rensselaer Potter: um bioeticista original (pp. 253-257). São Paulo: Loyola.

Relatório Brundtland (Comissão mundial sobre meio ambiente e desenvolvimento – CMMAD). Nosso futuro comum. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1988.

Sganzerla, A. & Zanella, D. C. (2020). A bioética de Potter ontem e hoje. Em Anor Sganzerla, Diego Carlos Zanella (Orgs.), A bioética de V.R. Potter: 50 anos depois (pp. 11- 27). Curitiba: Editora PUCPress.

Spinsanti, S. (2018). Um encontro com Van Rensselaer Potter [entrevista]. Em Leo Pessini, Anor Sganzerla, Diego Carlos Zanella (Orgs.), Van Rensselaer Potter: um bioeticista original (pp. 49- 59). São Paulo: Loyola.

Ten Have, H. A. M. J. (2018). O conceito de bioética de Potter. Em Leo Pessini, Anor Sganzerla, Diego Carlos Zanella (Orgs.), Van Rensselaer Potter: um bioeticista original (pp. 75-97). São Paulo: Loyola.

Potter e o equilíbrio do ecossistema
Publicado
2021-11-04
Cómo citar
Sganzerla, A., Zanella, D. C., & Graeser, V. (2021). Potter e o equilíbrio do ecossistema como fundamento da moralidade da bioética. Revista Iberoamericana De Bioética, (17), 01-13. https://doi.org/10.14422/rib.i17.y2021.001